Mamãe e papai, eu vou ser atendente de lanchonete, ou lixeiro, ou faxineira, ou porteiro, ou babá. Mas não se preocupem, porque se tudo der certo, eu vou ganhar meu salário trabalhando honestamente e vou me orgulhar muito da minha vida, mesmo não ganhando tanto quanto meus colegas. E vocês vão se orgulhar também.

Se tudo der certo, eu vou continuar naquele emprego que não me satisfaz, mas que paga minhas contas. Não vou mais precisar ficar pedindo dinheiro pra vocês a todo momento. Me sustentar sozinho é a prioridade agora e eu vou conseguir.

Se tudo der certo nesse novo negócio que acabei de abrir, eu vou sustentar minha família, que é a coisa mais importante da minha vida. Só Deus sabe o que eu precisarei fazer para mantê-los bem, mas eu prometo que vou fazer de tudo pra deitar a cabeça no travesseiro e dormir o sono dos justos, embora eu confesse que passo noites em claro, ainda sem saber como pagar as contas.

Se tudo der certo, eu vou voltar pra casa. Posso estar saindo de um namoro abusivo, ou então desfazendo uma sociedade que deu em nada, mas eu volto. Prometo que vou ocupar pouco espaço na casa, se precisar eu durmo no sofá e nem tiro as roupas da mala. Vou sair durante o dia pra procurar um trabalho e em breve arrumarei meu novo canto.

Se tudo der certo nessa separação, vou deixar meus bens com a ex-mulher e o filho. Deixarei o carro também, tudo em nome da minha paz. Já tenho certa idade e não sei se arrumarei trabalho, mas prometo que tomo conta de vocês na velhice.

Se tudo der certo vou sair de casa e me libertar desse homem violento. Estou aprendendo a me amar e a me defender e vou até as últimas consequências para não me submeter aos maus tratos. Talvez precise da ajuda de vocês para tomar conta do bebê enquanto eu trabalho, mas é temporário, viu?

Se tudo der certo no meu tratamento, quero saber que tenho vocês por perto. Se minha doença piorar, quero segurar as mãos de vocês no hospital, na clínica, na igreja. Quero vocês aqui, perto de mim e dizer: “obrigado”. O amor de vocês vai me ajudar na cura.

Se tudo der certo, eu vou tomar conta de vocês até o fim. Sei que o papai precisa de ajuda e você, mamãe, não tem forças pra cuidar dele sozinha. E talvez essa seja a realização da minha vida.

Se tudo der certo, eu vou olhar bem no fundo dos seus olhos e dizer que alguma coisa não deu certo, mas que estou disposto a recomeçar quantas vezes forem necessárias. Não vou baixar a cabeça, nem me envergonhar de nada, porque vocês me ensinaram que a vida é uma só e que é muito preciosa para que eu me preocupe em aparentar algo que eu não sou.

Se tudo der certo, eu vou seguir por um caminho novo, às vezes assustador, mas que é meu caminho agora e de mais ninguém. Talvez vocês tenham medo por mim, talvez pensem que eu estou me arriscando à toa, mas saibam que seu filho está vivendo de verdade e não apenas vegetando. E essa é a maior herança que vocês poderiam me deixar: correr atrás dos meus sonhos, por mais diferentes que possam ser.

Se tudo der certo, eu sei que vocês vão me amar muito além do crachá, do diploma, da conta bancária e da aparência. O amor de vocês será maior do que qualquer expectativa que possam ter sobre o meu futuro. E essa certeza será meu refúgio, meu repouso, meu refrigério e minha coragem.

Anúncios